domingo, 4 de junho de 2017

Juízo final

Não, velha amiga, não adiantará sua prece, as novenas que faz para todo o santo do calendário católico e sua falsa beatice, o inferno é seu lugar. Não ache que entoar cânticos que ensurdecem os pobres vizinhos seus e mandar frases reflexivas para todos do trabalho vai te abrir as portas do paraíso, pois o seu coração é putrefato e vil. E olhe, não é julgamento, é constatação. A divindade que você finge servir não se vale de mentiras. Então já sabe, comece a utilizar bastante o forno de seu fogão, a se acostumar com o calor que sai das bocas abertas no fogo alto, torre ao sol, é a forma de ir se habituando ao lugar que passará a eternidade de seus dias.  

Júlia Siqueira

Nenhum comentário:

Postar um comentário